19 Agosto    



 

Quando Jesus voltou, uma multidão o recebeu com alegria, pois todos o esperavam. Então um homem chamado Jairo, dirigente da sinagoga, veio e prostrou-se aos pés de Jesus, implorando-lhe que fosse à sua casa porque sua única filha, de cerca de doze anos, estava à morte. Estando Jesus a caminho, a multidão o comprimia. E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de hemorragia e gastara tudo o que tinha com os médicos; mas ninguém pudera curá-la. Ela chegou por trás dele, tocou na borda de seu manto, e imediatamente cessou sua hemorragia. “Quem tocou em mim?”, perguntou Jesus. Como todos negassem, Pedro disse: “Mestre, a multidão se aglomera e te comprime”. Mas Jesus disse: “Alguém tocou em mim; eu sei que de mim saiu poder”.

Lucas 8:40-46

Pensamento: Esta mulher vivia numa situação de impureza constante. De acordo com a lei, ninguém podia tocar nela, senão a pessoa se tornava impura (Lev 15:25-31). Em doze anos ninguém conseguiu curá-la. Ela devia sentir profunda vergonha e desespero. Ninguém queria chegar perto e ninguém podia ajudá-la. Isso talvez explica porque ela chegou sorrateiramente para ver se tocando em Jesus ela podia ser curada. Jesus parou a multidão e perguntou quem havia o tocado porque aquele toque fora diferente. Não foi uma pessoa qualquer encostando. Foi o toque do desespero e de profunda necessidade e Jesus sentiu isso. O intuito de Jesus não era de envergonhá-la, mas de ajudá-la pessoalmente. Isso é uma boa notícia para pessoas como aquela mãe temendo a notícia do médico de que talvez ela esteja com AIDS. Isso é boa nova para aquele rapaz lutando com desejos dos quais ele sente profunda vergonha. Isso é o Evangelho para todas as pessoas que aguardam na fila das causas perdidas da vida. Jesus veio aqui especialmente para você. Ele pára tudo só por causa de você. E basta você crer nele que poder sairá do trono de Deus para lhe ajudar. Confie em Jesus e não tenha medo de chegar perto dele. É por isso que ele fica tão perto de nós.

Oração: Pai bendito, como é bom saber que temos um Salvador que se preocupa pessoalmente com cada um de nós. E como é bom saber que servimos um Deus que é capaz de comandar o universo e ao mesmo tempo dar atenção a cada palavra de oração que é levantada ao trono da graça. Obrigado por ser nosso Pai e obrigado por nos dar um Salvador como Jesus. Em nome de Jesus oramos. Amém. || Veja a imagem de hoje: http://www.iluminalma.com/img/il_mateus9_21.html

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2009, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.